Olá Sra Obviedade

Seja Bem Vinda de volta! Demorou um pouquinho pra chegar, na verdade, tá bem atrasadinha, mas Antes tarde, do que nunca.

Algumas coisas estão ficando tão claras, tão óbvias, que depois de me sentir meio perdida, me descobri incrivelmente feliz de estar como eu estou. Como eu estou?! FELIZ! As últimas notícias, novidades, acontecimentos e sensações, me fizeram parar, refletir e descobrir que eu tô muito bem, muito bem MESMO, e eu quero que todos, não só vejam essa felicidade, como estejam tão felizes quanto eu estou. Acho que, pela primeira vez na minha vida, eu sei o real significado da palavra reciprocidade. A questão, não é só entender, mas sim, sentir, nao achar que ta sentindo, entende a diferença?! Ter certeza, confirmação, sem (ou com) demonstração. Tá na cara, sem medo, e só isso.

Eu tinha escrito um super texto, muito bobo, sobre a Sra Obviedade, e suas amigas, mas, um dia, mas para frente, eu posto!

Mas, nesse momento, feliz e contente que eu me encontro, onde eu não tenho muita coisa a dizer, o que me resta é a doce palavra:

supercalifragilisticexpialidocious

E se enganou, quem pensou que eu ia colocaro video da Mary Poppins, embora eu seja louca pelo filme.

Música de hoje?!

Lovage – Stroker Ace

Monsieur dan
Can i come with you
As you both look awfully kind

Sadly he and me are through
Let me tell you what i’ve got in mind
I’ll sing to you my mewing charm
Looks like you both could use a pet
And purr my purr all night long
I think a pussy’s your best bet

Stroke that shiny coat
Stroking is the antidote
Stroke that, it’s a start
Only for the wild at heart
Stroke that shiny coat
Stroking is the antidote
Stroke that shiny coat
Stroking’s what it’s all about

My tail alone could tell you tales
It’s got a life all of its own
Watch it move just like a sail
Sail you to the twilight zone
I love to lap a spot cream
And i assure you that i’m neat
But you never know what you can expect
When the pussy is in heat

Stroke that shiny coat
Stroking is the antidote
Stroke that, it’s a start
Only for the wild at heart
Stroke that shiny coat
Stroking is the antidote
Stroke that shiny coat
Stoking’s what it’s all about

I like to watch, if you don’t mind
Every sphinx knows how to pass the time
Your little love nest suits me well
Let me show you how to cast a spell

Stroke that shiny coat
Stroking is the antidote
Stroke that it’s a start
Only for the wild at heart
Stroke that shiny coat
Stroking is the antidote
Stroke that shiny coat
Stroking’s what it’s all about

Tão bom ouvir isso….

Anúncios

La Vie en Rose

Há uns anos atrás, eu ganehi um livrinho chamado “A VIDA É BELA” ( La Vie en Rose – Dominique Glocheoux). Ele funciona mais ou menos como um “Minuto de Sabedoria”, ou você pode simplesmente ler os números em ordem, tanto faz. Não me lembro quem me deu, e não tem dedicatória, provavelmente foi minha mãe que ganhou de alguém e de alguma forma veio parar na minha mão, ou eu comprei, não faz muita diferença na realidade. Só que se tornou importante à partir do momento que ele não me pertence mais.

Muitas frases, sugestões, coisas que tem escrito, fazem muito sentido, outras, nao tem sentido algum. Se eu fosse parar para comentar cada número que me interessa aqui, eu não acabaria hoje.

O livrinho é aparentemente bobo, ingênuo, e talvez seja muito piegas, mas, e daí?! Porque eu estou me preocupando em falar de um livrimho, que não foi escrito por nenhum dos meus autores favoritos, ou qualquer que seja o motivo, não seria totalmente justificável (se é que há alguma coisa a se justificar).

O fato é que eu li, fiz umas anotações e uma frase na orelha do livro, e outra na introdução, por mais clichês, me fizeram parar pra pensar, obviamente pensei na vida, no universo e tudo mais…rs

Algumas coisas, não deveriam sair de dentro da gaveta do esquecimento, sabe?! Na verdade me dei conta que enterrei meus mortos, embora eles estejam bem vivos. Só que, mais do que nunca, to vivendo o hoje. Mas, como assim, todo mundo vive o hoje… Não, na verdade, muitas pessoas vivem de passado, ou almejando um futuro perfeito e bla bla bla. Não tem como viver e não pensar no que ja foi, ou no que ainda esta por vir, mas to focando meus pensamentos um dia de cada vez, sem andar pra trás nem atropelar o que ta na frente.

Aí você pensa também na quantidade de pessoas que você ja conheceu, e que provavelmente não verá nunca mais, foram importantes, naquele momento, mas passaram, como um vento ou apenas uma leve brisa. Acontece com as outras pessoas também, elas se lembram da gente, de como fomos importantes, mas nós passamos. Fazemos promessas de amizade eterna, e por fim… bom, é o fim, ou o encerramento de um ciclo importante. Algumas pessoas vão e vem, quando a gente menos espera, outras, seguem a vida, e quando possivelmente nos esbarramos na rua, nem lembramos dos traços de alguém que ja foi íntimo, parceiro de risadas, confidências, lágrimas, coisas da vida…

Você começa a se perguntar o poque das pessoas serem tão descartáveis, e tão passageiras e… Ah, a vida passa, a gente cresce, uns amadurecem, outros não, algumas pessoas mudam, outras continuam as mesmas. Inevitável..

O que eu quis dizer, é que nos tornamos lembranças na vida das pessoas e consequentemente, as pessoas na nossa vida, só para sentirmos saudades “daquele tempo”, ou lembrar de coisas boas e ruins que aquela pessoa nos proporcionou, enfim…

Estou feliz demais com os últimos acontecimentos da minha vida. Dando um passo de cada vez, acreditando mais e mais que eu posso tudo aquilo que eu quero se eu desejar com muita força, e sei que não estou sozinha, sei que as pessoas que me amam, junto comigo, não vão deixar mais eu desistir… Na verdade, eu só tenho que agradecer! \o/

————-

Eu nao sei o motivo, mas quando comecei a escrever esse post, essa música não saiu do meu pensamento. Um dos filmes mais lindos que eu ja assisti.

Nota “mental”: Pegar de volta o DVD do filme!

The Beatles – Strawberry Fields Forever

Let me take you down
Cause I’m going to
Strawberry Fields
Nothing is real
And nothing to get hung about
Strawberry Fields forever

Living is easy with eyes closed
Misunderstanding all you see
It’s getting hard to be someone
But it all works out
It doesn’t matter much to me

Let me take you down
Cause I’m going to
Strawberry Fields
Nothing is real
And nothing to get hung about
Strawberry Fields forever

No one I think is in my tree
I mean it must be high or low
That is you can’t you know tune in
But it’s all right
That is I think it’s not too bad

Let me take you down
Cause I’m going to
Strawberry Fields
Nothing is real

And nothing to get hung about
Strawberry Fields forever

Always, no, sometimes, think it’s me
But you know I know when it’s a dream
I think, er, no I mean, er, yes
But it’s all so wrong
That is I think I disagree

Let me take you down
Cause I’m going to
Strawberry Fields
Nothing is real
And nothing to get hung about
Strawberry Fields forever
Strawberry Fields forever
Strawberry Fields forever

(I buried Paul!)

————-

Ah, as duas frases que eu deixei de citar lá em cima:

“Indispensável para quem quer ver a vidapelo lado do sorriso.” (Vital Magazina)

“A felicidade vai em direção aos que sabem rir.” (Provérbio Japonês)